29 abril 2016

PatBo - Verão 2017

Como muitos devem ter acompanhado no meu snapchat, assisti o desfile da Patbo de pertinho e pude conferir todos os detalhes em primeira mão. Mas vou mostrar pra vocês mais detalhado ainda nesse post.
 


O Brasil é a inspiração da PatBo. A estilista Patricia Bonaldi partiu das cores da bandeira pra criar a coleção, que é uma verdadeira explosão de verdes e amarelos. “O desafio foi fazer isso sem deixar caricato”, diz.

Essa era a meta de Patricia: uma coleção que tivesse o easy das linhas Resort com acabamento e tecidos nobres. “A PatBo não é básica. É uma marca importante, então busquei materiais e acabamentos que traduzissem esse DNA”. Patricia misturou cetim douchesse com fio de aço, viscose e linho, jeans e bordados manuais, criando texturas, volumes e um encontro feliz de estampas e cores.

Pela primeira vez ela quis conscientemente usar o desfile para passar uma mensagem. “Foi uma questão de posicionamento”, ela conta, ao reveler que escolheu trabalhar com um assunto específico, o momento pelo qual nosso país está passando. E sua forma de fazer isso foi criar uma coleção vibrante, otimista e alegre.

Como é comum no trabalho de Patrícia, há muito de manual nas roupas. Vale mencionar os bordados, especialmente a jaqueta esportiva estilo Varsity Jacket, que levou 30 dias para ser finalizada e é uma das peças mais bonitas do desfile. Há também uma volta ao tempo com um bordado que ela chama “linha da vovó”, que é a forma mais antiga e simples de border e que aqui aparece por cima de estampas feitas com canetinha.

Patricia trabalhou muito com moulage, pensando na evolução de sua roupa. Mais da metade da coleção foi construída dessa maneira. Há laços que não sabemos de onde vem e para onde vai e um trabalho muito bonito de construção do que ela chama de folhas, que parecem plissados mais estruturados que aparecem em tops e saias.
 
Brincos e pulseiras – que Patricia chama de Power Bjoux – usados no desfile foram criados pela marca Cine 732, de Guta Virtuoso e Luciana Conde. São braceletes e brincos de resina e metal com as cores do Brasil e com outras referências à bandeira, como estrelas. Os sapatos criados em parceria com a Uza Shoes reproduzem as estampas da coleção e muitos também trazem os bordados manuais vistos em jaquetas e vestidos. As flats são especialmente bonitas – e nada básicas. Uma coleção que de fato tem energia e vibração positiva e que mostra com quantos ícones do Brasil se faz um bom verão. (CAMILA YAHN)
Creditos FFW e Agfotosite

Nenhum comentário:

Postar um comentário